terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

Guia de Compras : Como fazer compras internacionais : O que preciso, como faço, alfândega, frete, etc.

Oi gente, tudo bem ? Hoje é mais um post sobre o guia de compras, e desta vez vamos falar sobre como fazer uma compra internacional pela internet, um assunto que nem gostamos muito, né meninas ? Rsrs.

A dica é baphônica! Mas, em primeiro lugar, vamos falar do que você precisa para fazer uma compra internacional. Bem, independe do país que você vá comprar, a maioria deles estará em inglês. Acho que você precisa ter uma noção básica de inglês, e ainda assim ter o auxílio do Google Tradutor para traduzir partes que você não esteja compreendendo 100%. Em segundo lugar, você precisa ter um cartão de crédito internacional. Sim, TEM QUE SER INTERNACIONAL. Ah, mas fulano de tal comprou de fora e o cartão dele não era internacional. BALÉLA ! Só se compra do exterior COM cartão internacional. Para obtê-lo, é só conversar com o gerente do seu banco. Em terceiro lugar, eu recomendo você a fazer uma conta no PayPal, não é uma conta como no banco, como algumas pessoas pensam, o PayPal é como o Pagseguro, porém, é internacional, as taxas são menores e eu acho mais seguro, pois se o vendedor não enviar, eu sei que o PayPal estorna caso você abra disputa (isso é assunto para outro post). No site do PayPal tem essa descrição sobre o serviço, e é isso mesmo :

PayPal é a maneira simples e segura de pagar suas compras na Internet, no celular, no tablet ou onde você estiver. Com PayPal, seus dados financeiros (como os números de cartão de crédito e conta bancária) não são compartilhados com os vendedores e apenas você tem acesso à sua conta do PayPal. Proteja seus pagamentos com PayPal, a sua carteira digital.

Tá, é isso aí de cima. Em quarto lugar, você precisa saber quanto vale o dólar, por que o valor dos produtos não é em real e sim em dólar americano. Para saber quanto está a cotação do dia para tirar uma base do valor total, você pode ver clicando aqui (http://economia.uol.com.br/cotacoes/). No Uol Cotações você encontra todas as cotações do dia para todas as principais moedas do mundo. Por exemplo, hoje, dia 19/02/2011 um dólar americano está valendo R$1,96 (REAIS!!!). Mas, isso não quer dizer que no dia que sua fatura fechar será este valor que será cobrado. No cartão de crédito, a conversão de valores (dólar para real) é feita no dia que a fatura fecha. Se o dólar tiver mais alto, virá na próxima fatura a diferença, e se estiver mais baixo, também. Certinho !
Outra coisa é o IOF, que nada mais é que um Imposto sobre Operações Financeiras ou importo sobre operações de crédito, câmbio e seguros. É um impostinho que você paga por cada compra internacional. Existem vários tipos de taxas e elas variam para pessoa física ou jurídica, e depende da situação, você pode ver tudo isso aqui no site da Receita Federal, clicando AQUI. Vou dar um exemplo de valor : Fiz uma compra de $90,80 (dólares) nos Estados Unidos (pela internet) e paguei R$5,00 (em média) de IOF. Ele aparece na fatura do cartão.
Em sexto lugar, o FRETE. Existem vários tipos de fretes, e vou dar exemplo de alguns países.
O frete da China para cá é o mais barato. As vezes pago frete grátis com rastreio, as vezes pago $1,99 pelo rastreio do frete grátis, ou frete grátis sem rastreio. Adoro comprar de lá pois os produtos são bons e o frete é baixo. Nos EUA, o frete é dividido em First Class, Priority Mail e Express Mail. A primeira opção não tem rastreio, mas é quase nula a probabilidade de haver taxas na alfândega/receita federal aqui no Brasil. Nos outros dois, há rastreio, porém as chances são maiores de haver taxação, por que eles pensam 'se pagou caro pelo frete, é por que é algo importante, vamos abrir para ver!!!' rsrs. Na verdade eles não abrem, e sim passam por um scanner para ver o que tem dentro. E agora é assunto para o sétimo lugar, sobre taxas alfandegárias. Eu, até hoje, não levei taxa alguma, pois sempre tomei os cuidados necessários para não haver o mesmo. As encomendas com valores até US$50,00, medicamentos, livros, revistas e impressos em papéis não pagam impostos, desde que sejam enviados de pessoa física para pessoa física e transportados pelo serviço postal e não couriers (tipo DHL, TNT, FEDEX, etc). Caso você seja pego pela receita, a taxa é equivalente a 60% do valor total da compra (incluindo frete). 'Se não houver nota, como eles saberão quanto vale ?' Sim, eles sabem. Eles tem um sistema que contém a média (sempre mais alta) dos preços praticados no mercado, e é com base nisso que eles cobram os 60%. Para diminuir as chances de taxação, se você puder entrar em contato com a empresa, peça para que enviem em um pacote (e não caixa - e o menor possível) almofadado e declarem como gift, mas esse gift não foge se ser taxado. Para você se ajudar, nunca escolha frete com envio pela DHL, TNT, FedEx, EMS, etc, pois quase sempre são taxados. Na China, quando faço compras grandes, eles dividem em vários pacotes, assim nenhum ultrapassa $50 dólares e é nula a probabilidade de taxação. Legal né ?
Para mais informações sobre importação, vá direto ao site da Receita Federal, clicando AQUI (ou aqui http://www.receita.fazenda.gov.br/aduana/rts.htm) , você terá mais detalhes sobre como é feita taxação. O link é direto para essa sessão aduaneira.
É isso meninas, se eu me esqueci de algo e lembrar, eu acrescento. Se você tiver alguma dúvida, é só comentar ou entrar em contato na guia CONTATO, no menu lá no alto, rs. Espero que seja útil a dica. Beijokas.